Notícias

Orquestra Sinfônica de São José dos Campos se apresentará na sala São Paulo

O concerto faz parte dos Concertos Matinais, promovidos pela Fundação Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp).

Pela primeira vez em sua história, a Orquestra Sinfônica de São José dos Campos (OSSJC) fará uma apresentação na Sala São Paulo, situado na Praça Júlio Prestes 16 - Santa Cecília, em São Paulo, considerada a melhor para concertos da América Latina.

O concerto será neste domingo (20), às 11h. A apresentação é gratuita e faz parte dos Concertos Matinais, promovidos pela Fundação Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp).

A orquestra joseense vai abrir o programa com a composição “As Bodas de Figaro” de Mozart. Na sequencia, “O Compositor Está Morto” de Nathaniel Stookey, peça que foi estreada no Brasil este ano pela própria Orquestra de São José dos Campos nos concertos didáticos, que realizou para escolas municipais da cidade e no Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão.

A obra de Stookey foi feita em parceria com Lemony Snicket, pseudônimo adotado por Daniel Handler, que assina diversos best-sellers infanto-juvenis como as histórias da coleção “Desventuras em Série”, recentemente levadas à tela do cinema.

A obra “O Compositor Está Morto” explora o clima de suspense policial em torno do mistério envolvendo a morte do compositor. Ao acompanhar a investigação do crime, o público tem oportunidade de conhecer de forma divertida como uma orquestra é formada, seus instrumentos e timbres. No concerto da OSSJC a história será narrada pelo ator Rômulo Scarinni, sob direção teatral de Dagmar Siqueira.

Mais uma novidade do programa é a estreia mundial da peça “Canoada”, composição do próprio maestro da OSSJC, Marcello Stasi. A obra foi inspirada nos relatos do aventureiro alemão Hans Staden que em 1554 foi capturado pelos índios tupinambás, nação indígena conhecida pelos seus costumes canibais.

Com repertório eclético, do clássico ao contemporâneo, a OSSJC encerra o programa com Beethoven e sua primeira sinfonia “Sinfonia n° 1 em Dó Maior, Op.21”.

A Orquestra Sinfônica de São José dos Campos está sob gestão da Associação Joseense para o Fomento da Arte e da Cultura (AJFAC) em parceria com a Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR), por meio de contrato com a Prefeitura.