Notícias

Diversos eleitores do Vale do Paraíba terão seus títulos de eleitor cancelado

São José dos Campos é a cidade que mais tem eleitores irregulares

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta última quarta-feira (20), que 21.044 eleitores do Vale do Paraíba podem ter o título de eleitor cancelado.

De acordo com o balanço esses eleitores não votaram e não justificaram a ausência nas três últimas eleições.

O eleitor que está com problemas com o título de eleitor precisa comparecer no cartório até o dia 25 de abril para regularizar sua situação. Quem não justificou terá que pagar multa de R$3,51 por turno de eleição.

Segundo o chefe substituto do cartório eleitoral de São José dos Campos, Adriano Florêncio, a pessoa com o título de eleitor cancelado não consegue tirar passaporte, não consegue tomar posse de cargo público caso seja aprovado em concurso e não consegue se matricular em universidade públicas.

Entre os municípios, São José dos Campos se destaca com o maior número de eleitores irregulares passíveis de cancelamento do título: 5.021 no total. Em segundo lugar está a cidade de Taubaté, com 4.218, e, em terceiro, Jacareí, com 1.859.

De acordo com o TSE, se um eleitor deixou de votar no primeiro e segundo turnos de uma mesma eleição, já são contadas duas eleições para efeito de cancelamento. Além disso, poderão ser contadas faltas às eleições municipais, eleições suplementares e referendos.

Os eleitores menores de 18 anos, maiores de 70 anos e os analfabetos não estão identificados nas relações de faltosos. As pessoas com deficiência também não terão o título cancelado, segundo o órgão.

Informações do G1