Notícias

Cotas Raciais são aprovadas pelo Supremo Tribunal Federal

Cotas raciais são consideradas Constitucionais pelos ministros do supremo.

Na noite dessa última quinta–feira (26), os Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovaram que o sistema de cotas raciais adotado em universidades brasileiras é compatível com a Constituição Federal.

O relator do julgamento, Ricardo Lewandowski, ao se manifestar reconheceu a validade das ações afirmativas como forma de tentar reduzir as desigualdades sociais entre grupos étnicos e realizar a justiça social.

Durante a sessão o STF julgou três ações, sendo que duas delas questionavam a constitucionalidade de regras adotadas pela UNB (Universidade de Brasília), e pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) para o ingresso nas instituições por meio do sistema de cotas.

Na terceira ação foram contestados os dispositivos que estabeleciam políticas afirmativas no âmbito do PROUNI (Programa Universidade para Todos). Um dos autores, do Partido Democratas, sustentou em sua defesa, que a política baseada em parâmetros étnicos poderia criar no País um modelo de Estado dividido pelo critério racial, tese rechaçada pelos ministros.

Informações Estadão.com.br