Notícias

Chuva causa enchente em alguns bairros de Guaratinguetá

Diversos bairros são atingidos pela enchente

Na tarde desta quinta-feira (10) uma forte chuva caiu em Guaratinguetá alagando diversas ruas. No Centro da cidade as ruas mais atingidas foram a Nove de Julho, Sete de Setembro, Praça Condessa de Frontin (Rua da Biblioteca), entre outras.

A chuva surpreendeu vários lojistas que tiveram que tiveram o seu estabelecimento invadido pelas águas.

Segundo o funcionário do Setor Operacional da Defesa Civil, Luis Antonio Machado, os bairros mais atingidos foram Tamandaré (Rua Inglês Souza), Pedreira, Mané Carioca conhecido também como "Matias" e o Jardim do Vale.

Na Pedreira moradores da Rua Marechal Floriano, que faz divisa com a Rua Gama Rodrigues (fundo da prefeitura), viram mais uma vez suas casas serem inundada pelas águas do Rio São Gonçalo.

"Na minha casa não entra água mais é lamentável ver meus vizinhos novamente perdendo tudo na enchente", afirmou a moradora da Rua Marechal Floriano, Cintia Siqueira.

Segundo Cintia Siqueira nos dois últimos anos ela entrou em contato com a Secretaria de Meio Ambiente de Guaratinguetá para pedir que eles fizessem melhorias nas margens do Rio São Gonçalo, principalmente em relação às árvores inadequadas que existem no local, porém nenhuma providência foi tomada.

De acordo com Machado, a Defesa Civil está com uma equipe nas ruas de 15 pessoas, entre funcionários e voluntárias.

Rio São Gonçalo

O Rio São Gonçalo é um contribuinte do rio Paraíba do Sul. Por isso sua conservação é de importância estadual.

Desde 2007 há um Projeto piloto, de controle de erosão do rio São Gonçalo, que começou a ser implantado em agosto de 2012.

Em entrevista concedida o ano passado o ex–secretário da Agricultura e Abastecimento de Guaratinguetá, Washington Agueda, disse que os períodos chuvosos de 2009 a 2011 foram bastante complicados e que sem dúvida interferiram no cronograma do inicio das obras, pois em alguns pontos os trabalhos de engenharia já poderiam ter começado, mas devidos às chuvas isso não foi possível.

Mas, após a chuva de hoje podemos concluir que o projeto praticamente ficou mais no papel e que a única coisa boa realizada foi a retirada de boa parte dos moradores da Rua Anísio Novaes, localizado na Pedreira, porque com certeza se aquelas famílias ali tivessem permanecido muitas pessoas estariam desabrigadas no momento.

Além disso, o pouco serviço realizado naquele local, hoje, foi destruído pela força das águas.