Notícias

Brasil fica em penúltimo lugar em ranking de pesquisa de qualidade educacional

40 países participaram da pesquisa de qualidade educacional

Nesta última terça-feira (27) foi divulgada pela Pearson Internacional o resultado da pesquisa do projeto "The Learning Curve" (Curva do Aprendizado), que mede o resultado de três testes internacionais realizados em alunos do 5º e do 9º ano do ensino fundamental.

O teste é aplicado em 40 países e os alunos do Brasil não obtiveram um bom desempenho fazendo com que, o país ocupasse o penúltimo lugar no ranking no índice comparativo de desempenho educacional.

Os dados saíram do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês), do documento Tendências em Estudo Internacional de Matemática e Ciência (TIMSS) e do Progresso no Estudo Internacional de Alfabetização (PIRLS) que compreendem o aprendizado de matemática, leitura e ciência dos alunos.

O Índice Global de Habilidades Cognitivas e Realizações Educacionais, segundo a Pearson, compara os países dividindo-os em duas categorias de ensino: habilidades cognitivas e nível de escolaridade, e ajuda a identificar possíveis fontes de boas práticas.

O desempenho de cada país mostra se ele está acima ou abaixo da média calculada a partir dos dados de todos os participantes. Segundo os dados divulgados 27 dos 40 países ficaram acima da média, enquanto 13 estão abaixo do valor mediano.

Os países ainda foram divididos em cinco grupos, de acordo com a sua distância da média. O Brasil, que teve pontuação de -1.65, foi incluído no grupo 5, onde estão as sete nações com a maior variação negativa em relação à média global.

Fonte: G1