Notícias

Ansiedade - aprenda a conviver com ela e seja feliz

Ansiedade ataca pessoas de todas as idades

Muitas vezes acordamos como uma sensação que a maioria das pessoas define como uma "sensação estranha" como: aperto no peito, mãos suando, o coração parece bater mais acelerado, nossa mente parece confusa, sensação que não vamos dar conta de nossas obrigações, etc.

Esses são alguns dos sintomas que todo ser humano sente no decorrer da vida e é denominada como ANSIEDADE.

Apesar de haver diversas pesquisas sobre o assunto a definição mais usadas pelos estudiosos é do psiquiatra australiano, Aubrey Lewis, que descreveu a ansiedade como "um estado emocional com a qualidade do medo, desagradável, dirigido para o futuro, desproporcional e com desconforto subjetivo".

A principio a ansiedade não é considerada como uma doença mais como uma reação normal do organismo, porém, quando a ansiedade começa a afetar o cotidiano da pessoa ela se torna segundo alguns especialistas como o pior de todos os males psicológicos.

Quando a pessoa não consegue controlar a ansiedade ela pode desenvolver diversas doenças que podem afetar a saúde física e mental como:gastrite, úlceras, colites, taquicardia, hipertensão, cefaléia, alergias, entre outras. A ansiedade também ocasiona o surgimento de doenças psiconeurológicas e psicooncológicas.

Ninguém está livre de sofrer do transtorno da ansiedade, porém, a pessoa deve procurar ajuda de profissional a partir do momento que sentir que não está mais conseguindo controlar a sua ansiedade.

Causas

Apesar de a ansiedade estar presente na vida de todos alguns fatores pode ajudar no seu desencadeamento de maneira mais leve ou grave como: a questão da genética, experiências traumatizantes como, por exemplo, um assalto. Porém, outro ponto causador da ansiedade é ser mulher, pois as mulheres estão mais propensas a sofrer com este transtorno devido os problemas hormonais e também por uma questão social, pois as mulheres expressam mais os seus sentimentos.

Sintomas

Além, dos sintomas já citados a ansiedade pode causar:

Dores de costas, Rigidez, inflamações, espasmos, imobilidade;
Tremores;
Palidez ou enrubescimento;
Dores no peito;
Mudança de temperatura do corpo:
Dificuldade de andar e falar;
Necessidade de consumir açúcar, doces ou chocolates;
Excesso de energia;
Formigamento;
Falta de sensibildade;
Tonturas;
Dificuldades para respirar;
Necessidade frequente de urinar;
Falta de apetite;
Náuseas;
Medo de morrer;
Medo de ficar louco;
Medo de perder o controle;

Tratamento

É muito importante que um profissional seja procurado quando já não é mais possível controlar a ansiedade, pois o tratamento para esse problema é feito de acordo com a origem da crise.

Sendo assim o tratamento pode ser realizado das seguintes formas:

Em crises decorrentes de asma é necessário que o paciente utilize remédios de antiasmáticos como corticóides, para inalar e acalmar a inflamação dos brônquios.
Nos casos de crises psíquicas é recomendadas sessões de terapias que pode ser feitos com um terapeuta, psiquiatra ou psicólogo. E também recomendado nessa situação a complementação com remédios naturais ou tranquilizantes.
O tratamento com um profissional é muito importante para a pessoa ansiosa, pois através da terapia é possível aprender técnicas para reduzir a ansiedade.

Prevenção

O fato de a ansiedade estar presente em nosso cotidiano independente de ser de grau leve ou grave nos dá a oportunidade de adquirirmos hábitos saudáveis para convivermos o menos ansioso possível.

Ter uma alimentação equilibrada é essencial principalmente se for adquirido alimentos que ajudam diretamente no combate a ansiedade. Os alimentos que estimulam o funcionamento do sistema nervoso e ajuda eliminar os sintomas deste transtornos são:

Tomate - que possui grande quantidade de Vitamina B6 e Vitamina C.
Alface - pois o seu talo tem lactucina, substância que funciona como calmante. Além disso, é rica em folato. A falta desse elemento no organismo causa depressão, confusão mental e cansaço; banana rica em carboitratos, potássio, magnésio e biotina.
Maça – rica em carboidratos, fibras, Vitaminas A, B1, B2, B6, C, minerais, zinco, magnésio e selénio.
Uva – possui complexo B e Vitamina C.
Carne – este aliminto contém niacina, uma vitamina do complexo B que, quando está em falta no organismo, causa depressão. Também é rica em ferro e cobre e zinco.
Frutos do mar – Possuem Zinco, são fontes de proteínas, tem Omega 3.
Ovos – São compostos de tiamina e a niacina (Vitaminas do Complexo B), ácido fólico e acetilcolina, que são os responsáveis pelo bom humor.
Laranja – Rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do complexo B, a laranja ajuda o sistema nervoso a trabalhar adequadamente.
Leite – falta de vitamina do complexo B pode acabar com seu bom humor. Além de estarem presentes no leite, essas substâncias também são encontradas nas ervilhas, sementes de girassol, batata e peixe. Leite também tem cálcio (que ajuda a relaxar os músculos) e proteínas (que estimulam o sistema nervoso).
Além da alimentação há alguns hábitos que também auxiliam no combate a ansiedade como: não deixar tarefas pendentes, ver sempre o lado bom das coisas, se preparar para o novo, praticar exercício físico, evitar pensamentos negativos, ter um animal de estimação, sair com os amigos, não levar trabalho para casa, passar algum tempo com a família e livrar – se da mania de perfeição.

Matéria publicada no Jornal Vale Vivo

http://issuu.com/jornalvalevivo/docs/edicao40