Notícias

Guaratinguetá é premiada pelo programa de tuberculose

O município já recebeu o prêmio de Qualidade nas Ações da Tuberculose em 2007, 2008 e 2010.

A Prefeitura de Guaratinguetá será premiada nesta terça-feira, 30 de setembro, em São Paulo, pelos bons resultados obtidos pelo Programa Municipal de Combate à Tuberculose no ano de 2013.

A classificação do município no Estado de São Paulo será anunciada durante o Fórum Estadual da Tuberculose, promovido uma vez por ano, pela Secretaria Estadual da Saúde. O evento será a partir das 12h, no Centro de Convenções Rebouças.

Representarão Guaratinguetá no evento e na premiação a supervisora da Vigilância Epidemiológica do município, Karina Nunes Regino, e a visitadora em saúde do programa municipal de tuberculose, Rosa Maria Sinésio.



Programa

O atendimento aos pacientes com suspeita ou com confirmação de tuberculose é feito por uma equipe especializada, no Centro de Saúde, localizado na região central de Guaratinguetá.

Todos os pacientes que passam pelas Unidades Básicas de Saúde ou pelo Pronto-Socorro com tosse há mais de três semanas são encaminhados para realizar uma baciloscopia (exame de escarro).

Quando o resultado é positivo, o paciente inicia o tratamento no Centro de Saúde, onde recebe medicação diariamente, vale para café e vale transporte.

A equipe médica também chama todos familiares dos pacientes para passarem por exames para verificar se mais alguém contraiu a doença.

No momento, estão tratando a tuberculose 14 pacientes pelo SUS em Guaratinguetá e outros dois estão internados. Este ano, cinco pacientes que fizeram tratamento já tiveram alta.

“Levamos muito a sério o trabalho de prevenção e combate à tuberculose. Ficamos muito felizes com a notícia de que Guaratinguetá se destacou no trabalho e que por isso seremos premiados. Nossa meta é sempre nos esforçar para realizar um atendimento cada vez melhor aos pacientes SUS” afirmou Karina Regino, supervisora da Vigilância Epidemiológica de Guaratinguetá.